A Raça Chow Chow
Chow Chow

Tamanho original

O Chow Chow é um cão robusto com uma cabeça larga e orelhas pequenas e arrendondadas. A raça tem um pêlo bastante denso, que é ao mesmo tempo liso e resistente. A pele é particularmente grossa ao redor do pescoço, dando a aparência de uma juba. O pêlo pode ser um entre várias cores, incluindo marrom-avermelhado (descrito como "vermelho"), preto, azul, canela, creme(ou branco). Nem todas as variedades de cores são reconhecidas e válidas em todos os países. Indivíduos malhados ou multicoloridos são considerados fora do padrão da raça.Chow Chows são incomuns por possuírem uma língua preto-azulada e pernas bastante retas que resultam em um andar um tanto empolado.Temperamento Normalmente mantido como um cão de companhia, o Chow Chow tem uma reputação de ser uma raça teimosa e independente e às vezes difícil de se treinar. Eles têm a reputação de serem agressivos, podem ser bastante indiferentes com estranhos e muito raramente não se da bem com outros cães.Os chow chows são cães carinhosos devido a esse temperamento, muitas vezes mal interpretado, o Chow Chow, deve desde cedo, assim que liberado pelo veterinário, iniciar um trabalho de sociabilização, onde outras pessoas, cães e mesmo gatos devem fazer parte de seu convívio diário, sendo que no caso de animais, principalmente no início, a convivência deve ser supervisionada. Vale ressaltar que assim como nos seres humanos, cada animal possui seu próprio e único temperamento, que deverá ser sempre levado em consideração.Saúde Como muitos cães grandes, o Chow Chow tem propensão a displasia da bacia. Também pode ser suscetível à entropia, uma irritação no olho causada por uma anormalidade nas pálpebras, sendo assim necessária uma limpeza diária da região.O Chow Chow, apesar de ser um cão rústico, necessita de cuidados, principalmente com relação à pelagem, que incluem a escovação rotineira. A escovação deve fazer parte da rotina do cão e seu dono, além de manter o animal com aspecto bonito a escovação regular minimiza o risco de problemas de pele (hot spots), não muito raros na raça.A alimentação é outro fator essencial para a saúde de seu cão. Alimenta-lo apenas com ração de alta qualidade é um investimento que retornará dividendos em forma de saúde do seu cão. Consulte sempre um veterinário e obtenha informações sobre a ração mais adequada ao seu animal.História Chow Chow de pequeno porte.Chow Chow de pequeno porte.É um tipo único de cão, pensa-se que é uma das mais antigas raças conhecidas. Um baixo-relevo de 150 a.C. (durante a Dinastia Han) possui um cão de caça similar em aparência com o Chow Chow. Análises de DNA recentes confirmam que é uma das mais antigas raças de cães.Chow Chows foram originalmente ensinados com o propósito de serem cães de pastoreio, caça, e guarda. A raça também foi usada para puxar trenós e pela carne e pele.
Últimos assuntos
» Duvidas, Sou Nova Aqui!
Qua Dez 09, 2015 8:13 am por Vanessa

» Pedido de informação
Ter Dez 08, 2015 5:46 am por Vanessa

» CHOW CHOW EM APARTAMENTO
Ter Dez 08, 2015 5:45 am por Vanessa

» Padrão da Raça
Ter Dez 08, 2015 5:35 am por Vanessa

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Votação
Patrocinadores
www.maiapet.com - tudo para o seu animal de estimação!!!
Cuidados a ter com o Cão no Verão
O Verão é uma das fases, nas quais se deve dar especial atenção, ao nosso hóspede canino.. Dizem, que o cão é o melhor amigo do Homem e, o único ser com vida que lhe é, realmente fiel. Esta afirmação parece ter fundamento, se for verificada a quantidade de pessoas que possuem um cão. O Verão é uma das fases, nas quais se deve dar especial atenção, ao nosso hóspede canino...Quando o calor aperta, as pessoas sentem-se sufocadas e, por vezes, mal conseguem respirar. Livrarmo-nos dessa sensação de mal estar é complicado, mas para um cão ainda mais dificil se torna.Os cães transpiram pela boca e o ser humano pela pele. É através dessa transpiração bocal, que os cães combatem o intenso calor. Portanto, tenha sempre água fresca e limpa à disposição do animal, para que possa lutar contra as fortes temperaturas.O cão deverá permanecer em espaços pouco expostos ao sol e, ao mesmo tempo pouco ventilados. Se o animal estiver num sítio demasiadamente quente e, ainda por cima exposto ao sol, poderá ocorrer o risco de sofrer o típico "golpe de calor". Este é uma das principais preocupações nesta época com o seu animal, que pode levar à morte.Quando for passear de automóvel, evite deixá-lo no carro ou fazer uma viagem longa com o cão, pois o carro é um dos locais que facilmente aquece, podendo a temperatura chegar aos 40 graus. Para além do problema do calor nas viagens, tenha bem presente que muitos dos cães vomitam e enjoam, principalmente os cães mais pequeninos. Este mal estar é normal e, se os vómitos continuarem, quando fizer outra viagem deixe-o de jejum, umas horas antes de iniciar o seu percurso.As pulgas e as carraças, aumentam substancialmente no período do Verão, por isso tenha cuidado. Estes parasitas externos, necessitam de ser controlados para não se expandirem. Se o seu cão se coçar sistematicamente, chegando mesmo a ferir-se e mostrar-se muito irrequieto. Tome medidas e vá ao veterinário. Para além de serem por si mesmas prejudiciais, as carraças suscitam em muitas situações, o aparecimento de doenças diversificadas. Poderá facilmente encontrar produtos para combater esta praga, com a ajuda do veterinário do seu animal.Mesmo que o seu cão, seja um animal de muito alimento, não se preocupe, se na altura das temperaturas quentes, isto não acontecer. O calor é muito intenso e faz com que perca o apetite e, se movimente muito menos do que anteriormente.O Verão está quase aí e, deve ir começando a pensar nestes assuntos, que perturbarão o seu animal. Se ele lhe é tão fiel, você deve-o ser também não só a ele, mas também à sua saúde e bem estar. Tome nota destes conselhos.
Antes de raça, são cães
O cão doméstico descende do lobo. Logo, estamos a falar de um animal que, regra geral, necessita de um líder a quem seguir.Um cão nunca deve ser visto como uma peça de mobília! Tem personalidade própria, necessidades próprias que devem ser entendidas e respeitadas pelos seus donos, correndo o risco de se tornarem pouco agradáveis se não forem respeitadas as suas características genéticas.O comportamento destes animais, não é, nem pode ser, igual entre raças, nem sequer dentro da sua própria raça, sendo moldado em função dos donos, do espaço onde vive, do modo como é tratado e alimentado. Por isso, todos os comportamentos que a seguir descrevemos devem ser entendidos como os mais comuns, podendo ser diferentes dos que aqui apresentamos. É normal e natural que o leitor tenha um cão de determinada raça com um comportamento diferente dos referidos, não fique preocupado!
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 43 em Qui Out 17, 2013 4:11 pm
Estatísticas
Temos 453 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de ingridmartinns

Os nossos membros postaram um total de 1473 mensagens em 240 assuntos